Brasil

Vídeo: Bolsonaro questiona isenção de ministros do STF em reunião



Nesta sexta-feira, 9, ministro Alexandre de Moraes tornou público vídeo de reunião de cúpula do governo Bolsonaro, realizada em julho de 2022. O vídeo integra investigação no âmbito do STF para apurar tentativa de golpe de Estado.

No vídeo, Bolsonaro cita ministros do STF e do TSE, e questiona sua isenção.

"Os caras estão preparando tudo para o Lula ganhar no primeiro turno, na fraude. Vou mostrar como e por quê. Alguém acredita em Fachin, Barroso, Alexandre de Moraes? Se acreditar, levanta o braço. Acredita que são pessoas isentas, que estão preocupadas em fazer justiça, seguir a Constituição? De tudo o que estão vendo acontecer..."

Assista:

 

O ex-presidente ainda fala que sua eleição foi uma "cagada", mas "cagada do bem".

"Como é que eu ganho uma eleição? Um fudido, um fudido como eu, deputado baixo clero, escrotizado dentro da Câmara, sacaneado, gozado. Uma porra de um deputado, uma porra de um deputado, de 513. Não consigo entender como alguns não entendem o que está acontecendo."

Investigação

O vídeo integra a investigação da operação Tempus Veritatis, deflagrada nesta quinta-feira. A operação mira Bolsonaro e seus aliados e investiga tentativa de golpe e abolição do Estado Democrático de Direito.

São alvos ex-ministros de Estado, como Anderson Torres, Braga Netto e Augusto Heleno, o presidente do PL, partido de Bolsonaro, Valdemar Costa Neto, e militares. Foram presos na operação dois ex-assessores de Bolsonaro: Marcelo Câmara e Filipe Martins.

 


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais sobre Brasil