Direito

TRE/SP barra domicílio eleitoral de Sergio Moro

Com a decisão, Moro não poderá se candidatar ao Senado, ou qualquer outro cargo pelo Estado de SP.

TRE/SP barra domicílio eleitoral de Sergio Moro

O TRE/SP rejeitou, nesta terça-feira, 7, a transferência de domicílio eleitoral de Sergio Moro para São Paulo. Com a decisão, Moro não poderá se candidatar ao Senado, ou qualquer outro cargo pelo Estado de SP.

O Tribunal analisou se o ex-juiz Sergio Moro e a esposa, a Rosângela Moro, cometeram irregularidade mudança de domicílio eleitoral. O casal transferiu o título de Curitiba/PR para a capital paulista. 

Segundo os autores da demanda, deputado Federal Alexandre Padilha e o diretório municipal do PT em São Paulo, Moro não tem vínculos com a cidade e, assim, pediram o cancelamento da mudança. 

De acordo com as investigações do MP/SP, o casal não possui domicílio em SP, conforme previsto nas regras eleitorais. A mudança teria como objetivo a candidatura dos dois a cargos de deputado Federal e estadual.

Em sua defesa, Moro alegou que possui vínculo social e afetivo com SP, já que teria recebido honrarias pelo município e foi contratado pela Alvarez & Marsal, que tem sede paulista. Rosângela, por sua vez, sustentou que possui contrato de prestação de serviços com uma associação de defesa de pessoas com doenças raras e outras deficiências, com sede também em SP.

  • Processo: 0600053-16.2022.6.26.0005


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais notícias sobre Direito

Direito

Jales - Justiça diz que não há em que se falar em Dano Moral por imóvel adquirido

Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás...


Direito

Jales - Propaganda em postes gera multa diária.

Vereadores estão tentando alertar este tipo de publicidade em postes, placas de...