Saúde

Suspensão de doses da Coronavac não deve causar 'alarmismo', diz Butantan

Mais de 12 milhões de doses da vacina foram envasadas em fábrica chinesa não fiscalizada pela Anvisa

Suspensão de doses da Coronavac não deve causar 'alarmismo', diz Butantan

Após a Anvisa proibir o uso de pelo menos 12 milhões de doses da Coronavac, o Instituto Butantan afirmou neste sábado por meio de nota que a medida da agência “não deve causar alarmismo”.

Como mostramos, as doses foram envasadas por um laboratório chinês que não tem autorização da Anvisa para atuar no processo. O Butantan, no comunicado divulgado hoje, confirmou que o próprio instituto alertou a agência por “extrema precaução.

O Instituto Butantan encaminhou à Anvisa há 15 dias toda a documentação necessária para a certificação do processo de produção em que foram feitas essas doses. Por isso, tem convicção que ela será concedida em breve. Caso necessário, pode complementar a solicitação com mais dados, inclusive da Sinovac, caso a agência julgue necessário”, diz trecho da nota.


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais notícias sobre Saúde

Saúde

Jales - De acordo com a Vigilância Epidemiológica foram registradas 14 notificações de casos suspeitos para o novo Coronavírus

De acordo com a Vigilância Epidemiológica foram registradas 14...


Saúde

Nesta quinta-feira, 21 de outubro, haverá mais um drive-thru para reforçar a campanha de vacinação contra a covid-19 em Jales.

Nesta quinta-feira, 21 de outubro, haverá mais um drive-thru para reforçar a...


Saúde

Jales - Dengue: Secretaria de Saúde intensifica vistorias em imóveis e terrenos e orienta para o Dia de Finados

A equipe municipal de combate às endemias está intensificando as vistorias nos...

Saúde

Secretaria de Saúde de Urânia organiza o 5º Mutirão de Prevenção ao Câncer de Próstata

Durante o mês de novembro, a Prefeitura de Urânia, através da Secretaria...