Cidades

Será que chega em Jales ? Rodrigo Garcia determina força-tarefa para fiscalizar preços de combustíveis em todo o estado

Acompanhamento de preços começa nesta segunda em mais de mil estabelecimentos; profissionais do Procon vão verificar aplicação de novas regras do ICMS

Será que chega em Jales ? Rodrigo Garcia determina força-tarefa para fiscalizar preços de combustíveis em todo o estado

O governador Rodrigo Garcia determinou nesta segunda-feira (20) a criação de uma força-tarefa para fiscalização de preços de combustíveis em todas as regiões do estado de São Paulo.

Profissionais do Procon.SP vão atuar para acompanhar os preços nas bombas de mais de mil estabelecimentos nas regiões metropolitanas, interior e litoral para checar se os valores ao consumidor vão acompanhar a redução do ICMS ao longo da semana.

“Pedi para o Procon fazer a checagem em mais de mil postos de gasolina espalhados pelo estado dos preços de hoje. E vou fazer isso regularmente para que, no momento em que os impostos forem reduzidos, avaliar se essa redução chegou na bomba. Porque muitas vezes ela fica na margem de lucro das distribuidoras e também de donos de postos”, disse Rodrigo. “O objetivo é que a gente consiga alguma redução final para o consumidor de combustível aqui em São Paulo”, reforçou o governador.

A previsão é que alterações na arrecadação do ICMS aprovadas pelo Congresso e determinadas em decisão provisória do STF sejam aplicadas nesta semana, ao mesmo tempo em que a Petrobras já anunciou novos reajustes em vigor a partir desta segunda.

O governador Rodrigo lembrou que São Paulo já tomou medidas próprias para frear o impacto do aumento dos combustíveis, como o congelamento da taxação do diesel em R$ 0,63 por litro desde o ano passado. Porém, a manutenção da política de preços da Petrobras atrelada ao mercado internacional praticamente elimina a efetividade das medidas estaduais.

“São Paulo congelou o ICMS do diesel em R$ 0,63 quando o litro custava R$ 4,90 e hoje, sete meses depois e antes do aumento da Petrobrás neste final de semana, o ICMS continua a R$ 0,63 e o diesel a quase R$ 7”, explicou o governador.

“O vilão não é o ICMS, estão querendo reformar a casa começando pelo lugar errado. O grande problema é a política de preços da Petrobras, que tem uma margem de lucro enorme comparativamente a outras petroleiras do mundo e isso não é justo com o cidadão”, finalizou Rodrigo.



RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais notícias sobre Cidades

Cidades

UNIJALES concede bolsas de estudos integrais para escolas estaduais de Jales

O sonho de adentrar ao ensino superior faz parte da rotina de inúmeros jovens,...


Cidades

ATUALIZAÇÃO - Acidente próximo de Paranapuã, tratorista é operado após fratura exposta

Só agora pouco obtive a informação que a pessoa que conduzia o trator que...


Cidades

Alunas do UNIJALES participarão da 11ª Missão Univida em Dourados/MS

Conscientizar os estudantes sobre a necessidade de observar a vivência de outras pessoas...

Cidades

Cães e gatos podem receber vacina antirrábica no Centro de Zoonoses

A Vacinação Antirrábica em cães e gatos está...