Cidades

O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS PESQUISAS ELEITORAIS; O QUE DESCOBRIMOS DO JORNAL QUE CIRCULOU ESTA SEMANA EM NOSSA REGIÃO !

O pulo do Gato está no Estatístico

O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS PESQUISAS ELEITORAIS; O QUE DESCOBRIMOS DO JORNAL QUE CIRCULOU ESTA SEMANA EM NOSSA REGIÃO !

Um Jornal que circulou esta semana em várias Cidades da Região deixou em "Dúvidas" a credibilidade de suas Pesquisas.

O site A VOZ DAS CIDADES, se debruçou a cruzar informações e fazer algumas "PESQUISAS" sobre a procedências do Jornal e principalmente do Estatístico que assina as "Pesquisas Eleitorais".

 

O QUE DESCOBRIMOS:

1 - O mesmo Estatístico e o mesmo Jornal realizaram em quase todas as Cidades do Estado de São Paulo, PESQUISAS ELEITORAIS !

2 - Sempre com o mesmo valor

3 - O Instituto de Pesquisa é o REALIZADOR e ao mesmo tempo o CONTRATANTE !

4 - O Estatístico não tem Registro no Conselho Regional de Estatística 

PRIMEIRO SOBRE O ESTATÍSTICO QUE ASSINA AS PESQUISAS:

O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS PESQUISAS ELEITORAIS (MATÉRIA ÉPOCA - AQUI

Dúvidas sobre metodologias e financiamento colocam alguns levantamentos na berlinda.

O estatístico Augusto da Silva Rocha tem 45 anos, dois filhos e mora em Americana, no interior de São Paulo.

Encara, todos os dias, uma viagem de ônibus fretado de uma hora e meia para trabalhar em uma empresa de telefonia, no Morumbi, Zona Sul da capital paulista. Seu cargo é de consultor estatístico.

Na última segunda-feira 8, Rocha encontrou uma brecha para atender ÉPOCA em seu horário de almoço, em um restaurante por quilo.

De cabelo castanho bem aparado, calça jeans, barba feita e camisa azul, confunde-se com a multidão de trabalhadores de escritórios da região.

Pôs no prato arroz branco, um bife à parmegiana, ovos de codorna e palmito. Almoçou com um guarda-chuva pendurado no braço, para não correr o risco de perder o objeto.

Rocha é responsável por 191 pesquisas eleitorais em 2018, o segundo colocado, atrás apenas de Márcia Cavallari, diretora do Ibope, que assina 303.

Em terceiro está Renata Nunes César, do Datafolha, com 81.

É um trabalho que ele faz “por fora”, como frila, há duas décadas. Só nestas eleições ele trabalhou para 23 institutos, segundo levantamento feito por ÉPOCA. Foram 84 pesquisas para uma empresa paulista chamada RealTime Big Data.

Dos diversos clientes de Rocha, alguns têm fama pior que os outros.

A pesquisa do brasiliense Instituto DataPlan foi suspensa pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Distrito Federal por ser considerada enviesada. Várias perguntas se referiam a um único candidato:

“Em sua opinião, qual seria o principal projeto ou bandeira que o deputado Cristiano Araújo (distrital, do PSD) deveria defender em seu próximo mandato?” e “Qual a principal razão para você desejar ver o deputado Cristiano Araújo reeleito em 2018?”.

O Instituto Phoenix, de Rondônia, também contratou o trabalho de Rocha. Seu dono, José Juvenil Coelho, já foi condenado a dois anos de prisão por um crime eleitoral. Nas eleições de 2006, o Phoenix registrou uma declaração em que afirmou que determinada pessoa seria o estatístico responsável por uma pesquisa.

A Justiça considerou que o documento era falso, mas o crime prescreveu e Coelho não teve de cumprir pena. Só neste ano a Justiça já barrou a divulgação de duas sondagens de seu instituto por não cumprirem critérios de metodologia.

Agora logo abaixo veja o que descobrimos do Jornal O Extrato:

Para fechar esta reportagem que tal uma Liminar contra as PESQUISAS !


Mais notícias sobre Cidades

Cidades

Motorista perde controle de carreta e bate em mureta na BR-153 em Rio Preto

Um caminhoneiro acabou perdendo o controle da carreta que conduzia e bateu em uma mureta de...


Cidades

Falece em Jales, o Contador Jalesense, Osvaldo Mussato

Foi com muito pesar que o site A VOZ DAS...


Cidades

Jales -Semáforo da Rua 10 esquina com rua 9, não tem previsão de voltar à funcionar; Rua 17, reclamações !

Por quem anda pela cidade, percebe-se que em pelo menos dois pontos, a Prefeitura de Jales...

Cidades

Novas 44 notificações suspeitas para o novo Coronavírus (Covid-19) foram registradas pela Vigilância Epidemiológica em 24 horas, em Jales.

Entre estes casos ou outros já notificados anteriormente, 46 receberam resultados...