Vídeos

Nuvem gigante de areia assusta moradores em prainha de Pereira Barreto

Comerciante Moacir da Silva relatou ao g1 que nunca tinha visto e presenciado algo parecido na vida; registro foi na tarde desta sexta-feira (1).

Uma nuvem de areia gigante foi registrada às margens do rio Tietê, em Pereira Barreto, interior de São Paulo, na tarde desta sexta-feira (1).

A cena chamou bastante atenção de moradores, que se assustaram com a tempestade.

Outras cidades também registraram o fenômeno na região de Presidente Prudente e no estado de Mato Grosso do Sul.

O comerciante Moacir da Silva viu a tempestade se aproximando e resolveu usar o celular para gravá-la.

 

“Fiquei assustado. Escureceu muito rápido. O trem foi aumentando, mas eu precisei parar de filmar, porque começou a vir muita areia no meu olho. Choveu só terra no momento”, explica.
 

Moacir diz que já tinha visto o fenômeno em reportagens e filmes, mas nunca pessoalmente.

“Foi feio. Tinha um barco dentro da água. Ele simplesmente sumiu. A nuvem de areia cobriu o barco. Não sei o que aconteceu. O susto já passou. A nuvem de areia passou e depois começou a chover de verdade”, conta.

 

É comum?

 

A meteorologista Dóris Palma explica que a cena que assustou moradores é comum, principalmente nesta época do ano.

“Tempestades de areia se formam, normalmente, durante o período de transição da estação mais seca, que foi o inverno, para a estação mais úmida, que tende a ser entre o período de primavera e verão. Essas tempestades de areia se formam quando temos vários dias consecutivos sem chuva muito significativa”, diz.

“As frentes de rajadas que se formam antes dessa tempestade chegar provocam fortes ventanias, o que, literalmente, levanta toda a poeira, mantendo esse aspecto bem escurecido dessa poeira. Quando as nuvens carregadas se formam e se juntam com toda a poeira, temos um céu bem escuro, um aspecto bem assustador”, complementa.

Uma tempestade de poeira causou estragos e pânico na região de Presidente Prudente (SP) na tarde desta sexta-feira (1º) 

A força do vento, que, segundo o climatologista Vagner Camarini, chegou a ter rajadas de 80km/h, derrubou árvores, destelhou imóveis e arrancou placas publicitárias e sinalizatórias, vidraças e marquises.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para o atendimento das ocorrências. O trabalho também envolveu funcionários da empresa concessionária de distribuição de energia elétrica e da Defesa Civil.

No Aeroporto Estadual de Presidente Prudente, a força do vento quebrou vidros do saguão de embarque e desembarque de passageiros e causou danos no terminal.

Uma tempestade de areia também atingiu Três Lagoas (MS), a 313 km de Campo Grande e na divisa com São Paulo, nesta sexta-feira (1º). Os moradores da cidade registraram o momento de susto. Assista ao vídeo acima.


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais notícias sobre Vídeos

Vídeos

PM agride, enforca e ameaça com arma empresária durante discussão por dívida, no DF

Um sargento da Polícia Militar do Distrito Federal é investigado por agredir,...


Vídeos

Aparecida D'Oeste - Confira as Obras de Melhorias e Reformas

O Prefeito Izaias Sanches e seu Vice-Rossi, mais uma vez vem a público fazer uma...


Vídeos

Brinquedos de parque se movimentam sozinhos e intrigam moradores

Os brinquedos de um parquinho infantil se movimentam freneticamente em alta madrugada,...

Vídeos

EXCLUSIVO - Moisés motorista sequestrado aparece em vídeo para o site A VOZ DAS CIDADES

O leitor do site A VOZ DAS CIDADES, Edson Edinho, também...