Geral

MP-SP abre inquérito contra líder do governo na Assembleia de SP

Por meio de uma mudança na Política Estadual de Medicamentos, a lei do deputado praticamente impediu as vendas do medicamento FDG (18 F), usado em tomografias, pelo Instituto de Radiologia (InRad), do HC.

MP-SP abre inquérito contra líder do governo na Assembleia de SP

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) abriu investigação contra o líder do governo paulista na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (PSDB), por suspeita de improbidade administrativa.

A investigação foi instaurada após uma lei de autoria do deputado estadual beneficiar empresa da qual ele é acionista, e resultar em perdas na receita do Hospital das Clínicas - caso revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo em dezembro.

A portaria de instauração de inquérito cita "possível prática de ato de improbidade por parte do deputado estadual Carlão Pignatari, que estaria beneficiando a Indústria Brasileira de Farmoquímicos (IBF)".

Por meio de uma mudança na Política Estadual de Medicamentos, a lei do deputado praticamente impediu as vendas do medicamento FDG (18 F), usado em tomografias, pelo Instituto de Radiologia (InRad), do HC.


Mais notícias sobre Geral

Geral

Bolsonaro decide demitir ministro da Saúde Mandetta, diz jornal

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pode ser demitido do cargo ainda nesta...


Geral

Doria prorroga quarentena no Estado até 22 de abril

O governador João Doria (PSDB) anunciou, na tarde desta segunda-feira (6), a...


Geral

Doria deve prorrogar por mais 15 dias decreto de quarentena

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), deve anunciar nesta segunda-feira,...

Geral

Justiça manda Hospital que testou Bolsonaro divulgar exames para coronavírus

Liminar acata a pedido do governo do Distrito Federal. Até o momento, Bolsonaro se...