Direito

Motorista que matou Karen Takeda é condenado a 20 anos de prisão

Motorista que matou Karen Takeda é condenado a 20 anos de prisão

Homem dirigia embriagado na contra-mão quando atingiu o carro da enfermeira de Jales

O motorista embriagado que provocou a morte de uma enfermeira de 28 anos na Rodovia Euclides da Cunha, em Fernandópolis (SP), foi condenado a mais de 20 anos de prisão.

O acidente foi em outubro de 2019. O júri popular foi realizado na quinta-feira (4) e a Justiça determinou 16 anos de reclusão e outros quatro anos e oito meses de detenção a Edson Aparecido Astolfi.

 

Segundo a promotoria, o motorista cometeu os crimes de homicídio doloso qualificado, três crimes de exposição a perigo de morte e direção embriagada de veículo automotor.

Na época, o homem estava bêbado e dirigiu uma caminhonete por cerca de nove quilômetros na contramão da rodovia, sentido Fernandópolis a Meridiano (SP).

Um vídeo flagrou o motorista dirigindo no sentido errado. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, uma equipe tentou abordar o veículo antes do acidente, mas o motorista acelerou e fugiu, até bater contra o carro da vítima. Karen Yoshizaki Takeda morreu no local.

Ela trabalhava em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de Votuporanga (SP) e voltava para casa, em Jales (SP), no momento do acidente.


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais notícias sobre Direito

Direito

Estelionato de R$ 4 chega ao STJ; ministro aplica insignificância

O ministro Ribeiro Dantas, do STJ, concedeu ordem em HC para anular ANPP -...


Direito

Aparecida D' Oeste - Prefeito Izaias e Rossi, são absolvidos por denuncias infundadas de Alex Begido

Para que nossos leitores entendam de modo mais simples, o polêmico Alex Begido deu...


Direito

SUMPREMO DECIDE SE CANDIDATOS PAGARÃO POR JINGLES DE PARÓDIAS

A cena gravada em 2014 é, no mínimo, curiosa: sentado em um cenário branco,...

Direito

Procurador vê erro do MP e reconhece boa fé de Pessuto em ação

Em parecer contundente, Procurador de Justiça se posiciona contra a...