Polícia

Jales/Santa Fé do Sul - PF explica como funcionava o esquema da BG & Cred de Eduardo Bercelli

Estima-se que Eduardo Bercelli, através da BG & Cred, tenha movimentado mais de 100 milhões de reais.

O site A VOZ DAS CIDADES, participou da coletiva da Polícia Federal de Jales, com os Delegados Giovani Celso Agnoletto (Federal), Jackson Gonçalves (Federal), Higor Jorge (Delegado Policia Civil) e Dr Felipe Bragantini de Lima, Promotor de Justiça Estadual.

Segundo informações da PF após denúncias de que havia um Empresário de Santa Fé que estava capitando dinheiro no mercado pagando altos juros, acima do que as Instituições financeiras pagam.

O que chamou atenção da PF, na investigação prévia era de que o Empresário Eduardo Bercelli, não tinha nenhum lastro Financeiro para poder arcar com este pagamento de juros altos.

Modus Operandi

Cada vez mais que Eduardo capitava clientes com a promessa de 5 ou 6% de rendimento de juros, e ao mesmo tempo ele investia nas mídias sociais de propaganda intensa, se intitulando Empresário de sucesso, novo (25 anos) milionário, que sabia investir o dinheiro, levando as pessoas a cada vez mais procurar por sua Empresa BG & Cred, para que pudessem investir o seu dinheiro.

Quanto mais Eduardo pegava dinheiro e pagava, mais as pessoas investiam e mais propaganda Eduardo Bercelli investia, a ponto de pagar uma matéria na Revista Forbes, como se fosse um Empresário de sucesso novo no Brasil, bem sucedido, que andava com carros luxuosos, imóveis e promotor de festas e eventos, que inclusive possui avião, e com isso enchia os olhos de investidores que cada vez mais, investiam seu dinheiro na Empresa de Eduardo Berceli (BG & CRED).

Eduardo Bercelli começou com 3 Empresas, e em apenas 6 meses, Eduardo abriu mais 9 Empresas no mesmo ramos em 6 cidades do interior de São Paulo, no intuito de captar cada vez mais recursos.

O juros que Edurado Bercelli pagava segundo a PF, era com o próprio dinheiro dos investidores que entravam na cadeia, no chamado esquema de Pirâmide.

 Dentro desta cadeia segundo a PF, Eduardo Bercelli, praticou outros crimes, como falsidade ideológica, estelionato e crime contra sistema financeiro, por que Eduardo não tinha autorização do Banco Central para este tipo de exercício no sistema Financeiro.

O dinheiro que entrava Eduardo pagava os juros dos investidores, mas segundo a PF, a maior parte ele gastava no investimentos em bens, viagens, imóveis, festas e ostentação. 

Estima-se que Eduardo Bercelli, através da BG & Cred, tenha movimentado mais de 100 milhões de reais.

Com relação aos eventos que estavam marcados para acontecer onde Eduardo Bercelli era o Promotor, como a inauguração de um restaurante as margens do Rio Grande,deverão ser suspensas, até mesmo o terreno "doado" ao Empresário deve ser alvo de investigação pelo MPE.

Os eventuais prejuízos dos investidores também deve seguir um cronograma conforme declarou o Promotor de Justiça Dr Felipe Bragantini de Lima.

Estas e outras informações você confere na coletiva aqui e agora !

 

 

 

 

 

Eduardo Bercelli



RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais notícias sobre Polícia

Polícia

PM prende ladrão de caminhão após perseguição

Um ladrão ao volante de um caminhão bitrem roubado em Araçatuba provocou...


Polícia

PF CUMPRE MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO EM CARANGOLA/MG NO COMBATE AO CRIME DE MOEDA FALSA

A Delegacia de Polícia Federal em Jales/SP deflagrou, na manhã desta quinta-feira...


Polícia

Iturama - Polícia Mineira prende três pessoas pelo latrocínio de cabeleireiro

Em uma resposta rápida a Polícia Mineira (Iturama) já prendeu três...