Cidades

Hospital de Amor lança seu canal de denúncia

Através do novo canal, colaboradores, parceiros/doadores, fornecedores e público em geral do HA poderão realizar denúncias e condutas que sejam consideradas antiéticas

Hospital de Amor lança seu canal de denúncia

Cada vez mais a sociedade civil busca transparência por parte das instituições privadas e públicas. Segundo estudo realizado recentemente pela Transparência Internacional – Brasil (TI), com a Fundação Getúlio Vargas (FGV Rio), os brasileiros já avançaram em relação à prática de combate à corrupção nos setores civil e privado, o que faz com que as instituições busquem meios para criar canais de transparência entre colaboradores, parceiros/doadores e investidores. Com o objetivo de ampliar a transparência e a comunicação de maneira segura, algo que já faz parte do trabalho do Hospital de Amor, a instituição lança seu canal oficial de denúncias.

De acordo com o relatório gerado pelo estudo, que é produzido desde 1995 e avaliou a corrupção em 180 países por meio do ‘índice de percepção da corrupção’, com o surgimento da pandemia da COVID-19, o ano de 2020 foi um dos piores anos da história. O documento atribui notas em escala entre 0 (quando o país é denominado altamente corrupto) e 100 (quando o país é reconhecido como íntegro), estando o Brasil em 94º lugar (2020), com 38 pontos. Por meio deste índice (IPC), são tomadas decisões de investimentos e planejamentos de riscos dos respectivos países avaliados.

Através do novo canal, colaboradores, parceiros/doadores, fornecedores e público em geral do HA poderão realizar denúncias e condutas que sejam consideradas antiéticas ou que violem os princípios éticos do hospital. O canal opera de maneira terceirizada, o que contribui para maior segurança dos denunciantes.

De acordo com o diretor de desenvolvimento institucional do Hospital de Amor, Dr. Henrique Moraes Prata, a criação de um canal de denúncias terceirizado é um importante passo na governança institucional. “Desde a criação da secretaria de governança, compliance e proteção de dados, em janeiro de 2020, muitas ações têm sido desenvolvidas na direção de maior profissionalismo e transparência nas relações”, afirmou.

Para a advogada da secretaria de governança e compliance do HA, Bruna Aline Roque Alves, a implantação do canal de denúncias na instituição, em especial de forma terceirizada, demonstra o grau de maturidade da alta administração. “O Hospital de Amor tem sua história alicerçada na ética e transparência, sendo essa implantação, uma oportunidade ímpar de reforçar os princípios e valores que norteiam a forma com que a instituição conduz suas atividades”, finalizou.

O relato pode ser feito de maneira segura e confidencial pelo site ‘canalconfidencial.com.br/hospitaldeamor’ ou pelo telefone 0800 591 8821, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.


Mais notícias sobre Cidades

Cidades

Jales - Se multa de 160 mil reais for paga pela Rumo, dinheiro pode ser convertido em compra de ambulâncias.

O Presidente do Conselho Municipal da Saúde de Jales, José Celio Martini,...


Cidades

Menino de 4 anos é encontrado abandonado sem agasalhos em rua de Birigui

Um menino de 4 anos foi encontrado abandonado na Rua Fabiano Fani de Nicola, em Birigui (SP), na...


Cidades

Funcionária de padaria é agredida após pedir para cliente usar máscara contra a Covid-19

A funcionária de uma padaria de Palmares Paulista (SP) foi agredida após pedir...

Cidades

Lockdown ronda Rio Preto, com mais 11 óbitos e 586 infectados

Mais 11 óbitos A Secretaria de Saúde de Rio Preto...