Polícia

Homem é preso suspeito de matar amigo enforcado e jogar corpo às margens de rodovia

Rapaz foi levado à delegacia e disse que jogou corpo de amigo às margens da Rodovia BR-153, em Onda Verde (SP). Ele foi preso temporariamente e levado ao CDP.

Homem é preso suspeito de matar amigo enforcado e jogar corpo às margens de rodovia

A Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP) prendeu nesta terça-feira (19) um homem suspeito de matar enforcado o web designer Rodrigo Teodoro, de 39 anos, em outubro do ano passado.

De acordo com a Polícia Civil, familiares da vítima, que morava no bairro Solo Sagrado, procuraram a delegacia para denunciar o desaparecimento em 11 de outubro de 2019.

Oito dias depois, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou o corpo do rapaz em fase de decomposição às margens da Rodovia BR-153, em Onda Verde (SP).

A Polícia Civil começou a fazer buscas para encontrar o suspeito do crime e descobriu pelo perfil da vítima que ela havia combinado de encontrar com um homem de 46 anos, morador de Guapiaçu (SP).

Segundo a corporação, o suspeito foi chamado ainda no mês de outubro para depor na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) sobre o desaparecimento do amigo.

Contudo, os policiais duvidaram do depoimento, porque o suspeito apresentou versões estranhas sobre os fatos e tentou montar álibis.

Após a oitiva, os investigadores começaram a desconfiar e conseguiram descobrir que os acontecimentos descritos pelo suspeito não eram verdadeiros.

 

Prisão

 

As investigações continuaram, e as equipes começaram a produzir provas que colocavam o rapaz como principal suspeito de ter matado a vítima.

O delegado responsável pelo caso, então, representou à Justiça pela prisão temporária do suspeito, que foi encontrado e preso na manhã desta terça-feira.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi levado à sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), onde foi confrontado e confessou o crime.

À polícia, ele também afirmou que conheceu a vítima no ano passado através de uma rede social e que teve conflitos comerciais e pessoais depois de começar a trabalhar com ela.

Ele também alegou que, diante da “tortura psicológica”, chamou a vítima até sua casa e a esganou até a morte. Em seguida, colocou o corpo dela na caçamba de uma caminhonete e o jogou às margens da Rodovia BR-153.

O rapaz será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto. Ele foi preso temporariamente, mas a prisão pode ser renovada ou convertida em preventiva depois de 30 dias.


Mais notícias sobre Polícia

Polícia

POLÍCIA CIVIL DE JALES INCINERA DROGAS

Nesta quarta-feira, 27/05, a Polícia Civil de Jales realizou operação para...


Polícia

Homem se joga de viaduto na Avenida João Amadeu em Jales nesta tarde

A Policia de Jales e o resgate do Corpo de Bombeiros foram acionados para atender a uma...


Polícia

Suicídio choca Aparecida do Taboado

No último dia 22, na cidade de Aparecida do Taboado, Fabio Olimpio de 38 anos veio a...

Polícia

Jalesense baleado por empresário em Paranaíba, já respira sem ajuda de aparelhos

O jalesense Luiz Muniz da Silva, 39 anos, que foi baleado na tarde de ontem (24), teve o tubo...