Geral

FAÇA DE CONTA QUE A LAVA JATO NÃO EXISTIU. É ISSO QUE SEUS INIMIGOS QUEREM

FAÇA DE CONTA QUE A LAVA JATO NÃO EXISTIU. É ISSO QUE SEUS INIMIGOS QUEREM

Caro leitor,

Tente imaginar o Brasil sem a Lava Jato.

Para isso, faça de conta que a força-tarefa não recuperou mais de 24 bilhões de reais desviados dos cofres públicos por um magaesquema de corrupção.

Feche os olhos também para o fato de que esse dinheiro só foi recuperado após 219 pessoas e 13 empresas terem confessado que cometeram crimes.

Ignore ainda as mais de duas centenas de pessoas investigadas que foram parar no banco dos réus.

Deixe para lá o fato de que as penas das dezenas e dezenas de condenados somam 3.096 anos de prisão.

E o mais importante: apague de sua memória a informação de que, pela primeira vez na história do país, peixes graúdos foram encarcerados pelos seus crimes, após processos legais com amplo direito de defesa.

Não deixe de “deletar” a lista de condenados e presos pela Lava Jato, que inclui um ex-presidente, o maior empreiteiro do país etc.

Você conseguiu imaginar o que seria o Brasil sem a Lava Jato?

Certamente pior.

Mas é justamente isso que a maior ofensiva já vista contra a Lava Jato quer: que façamos de conta que a operação anticorrupção não existiu.

É para esse Brasil que a maior ofensiva já vista contra a Lava Jato quer que retornemos…

…o Brasil da impunidade, o Brasil em que os poderosos não podem ser alcançados pela lei

…o Brasil em que você vale menos do que eles.

A artilharia contra a Lava Jato tem sido pesada. Pesadíssima.

Veja o episódio do roubo e vazamento de mensagens atribuídas a Sergio Moro e a procuradores da Lava Jato, por exemplo:
Desde que as mensagens roubadas foram vazados, tenta-se desmoralizar Moro e a Lava Jato — e, é claro, colocar Lula e companhia em liberdade.

Descobriu-se, porém, que as mensagens divulgadas pelo site The Intercept, de Glenn Greenwald, haviam sido editadas.

Ou seja, além de o Intercept não poder garantir que as mensagens são autênticas, ficou claro que elas foram manipuladas antes da publicação.

Quem pode garantir que as mensagens roubadas são autênticas? O hacker garante?

Isso ficou claro nos episódios em que o site atribuiu a autoria de certas mensagens a um procurador e, logo depois, disse que elas, na verdade, pertenciam a outro:

Fonte: O Antagonista

E também na mensagem datada de 28 de outubro de 2019 (!) — ou seja, uma mensagem vinda do futuro!

As mensagens de áudio publicadas pelo Intercept tampouco são confiáveis — além de não provarem conduta irregular dos envolvidos.

Veja o que um especialista disse:

Fonte: O Antagonista

O perito explicou por que é impossível garantir que trata-se de áudio original: “Você consegue fazer emendas, pegar trechos de uma gravação e colocar o que você quiser.”

Mas as mensagens roubadas, vazadas e editadas não são a única frente de ataques à Lava Jato.

A outra acontece nos bastidores dos tribunais.

Confira:

Fonte: O Antagonista

Em meio a tantos ataques, cabem algumas perguntas:

  • a quem interessa o fim da Lava Jato?
  • é possível resistir a tantos ataques?

A revista Crusoé tem procurado fornecer resposta a ambas.

A Crusoé tem oferecido fatos e argumentos sólidos, apoiados em investigação profunda e independente, que permitem enxergar qual é o lado certo nessa história.

Por isso, ao longo das últimas semanas, nossos repórteres publicaram dezenas — literalmente dezenas — de reportagens, entrevistas e artigos que iluminam a maior disputa em curso hoje no Brasil.

A disputa do Brasil contra seu passado. Da lei contra a desobediência à lei. Do futuro contra o passado.

A imagem abaixo reúne alguns dos conteúdos especiais publicados pela Crusoé:

As apurações, entrevistas e artigos exclusivos jogam luz sobre os desdobramentos e também as motivações do roubo e vazamento das mensagens atribuídas a Sergio Moro e a procuradores da Lava Jato.

São conteúdos que você não pode perder.

E deve compartilhar com aqueles que ainda tentam imaginar que o Brasil sem a Lava Jato seria melhor.

Mas é preciso agir rápido: neste exato momento, condenados e investigados pela Lava Jato comemoram os golpes desferidos contra a maior operação anticorrupção da história.

O primeiro passo é ter à mão as informações certas.


Mais notícias sobre Geral

Geral

Senado aprova pacote anticrime, que vai para sanção presidencial Fonte: Agência Senado

O Plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira (11) o “pacote...


Geral

Câmera flagra idoso estuprando a afilhada dentro de elevador de shopping

Um homem foi o preso acusado de abusar sexualmente da afilhada, de nove anos de idade, em


Geral

Caminhoneiros anunciam paralisação nacional em 16 de dezembro

Líder dos caminhoneiros autônomos, Marconi França...

Geral

ADPF manifesta apoio a delegado federal responsável pela Operação Vagatomia

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) manifesta...