Polícia

Ex-enteada que denunciou médium por estupro diz que foi abusada por 22 anos: 'Traumas que vão ficar para sempre'

Paulo Roberto Roveroni, conhecido como 'Paulinho de Deus', teve prisão preventiva decretada após denúncia. Defesa afirma que as acusações, além de infundadas, não retratam a realidade dos fatos.

Ex-enteada que denunciou médium por estupro diz que foi abusada por 22 anos: 'Traumas que vão ficar para sempre'

A ex-enteada do médium Paulo Roberto Roveroni, preso por suspeita de estupro de vulnerável, relatou ao G1 que sofreu abusos sexuais e psicológicos dele por 22 anos.

Paulinho de Deus, como é conhecido, mantém o centro espírita Paulo de Tarso, em Catanduva, onde foi preso após a denúncia dela à polícia.

Ao G1, a jovem, hoje com 24 anos, contou que os estupros começaram quando ela tinha apenas dois anos. "Ele ficava pelado na minha frente e colocava minha mão no pênis dele", ressalta.

"Esses abusos, estupros, foram progredindo. Ele era meu padrasto, e ainda pior, dirigente da associação. Então, ele sempre foi uma pessoa conhecida, considerado caridoso, educado, que ajuda os pobres."


Mais notícias sobre Polícia

Polícia

Policia Federal de JALES/SP deflagra Operação ORCA no combate à extração ilegal de areia no Rio Tietê.

Quatorze pessoas foram presas em três embarcações que extraiam areia...


Polícia

Três Fronteiras - Pescadores são autuados por pesca irregular

Em 18 de abril de 2021, durante Policiamento Náutico pela represa de Ilha Solteira,...


Polícia

Policia Ambiental autua quatro indivíduos por pescar em local proibido

Em 10 de abril de 2021, durante Policiamento Náutico pela represa de Ilha Solteira,...

Polícia

A VOZ : Nosso repúdio por capturar espécie tão exótica : Pescadores são autuados por pesca irregular

É um pecado capturar um peixo tão lindo e tão exótico...