Economia

Emprego na indústria recua 0,4% em novembro e alcança 11ª queda consecutiva

Emprego na indústria recua 0,4% em novembro e alcança 11ª queda consecutiva
O total de pessoal ocupado na indústria recuou 0,4% na passagem de outubro para novembro de 2015, marcando a 11ª queda consecutiva do emprego industrial neste tipo de comparação. Os postos de trabalho nesse setor da economia caíram 7,2% em relação a novembro de 2014, o 50º resultado negativo, segundo a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (Pimes), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Saiba Mais Emprego na indústria cai 0,7% de setembro para outubro O emprego industrial também acumulou perdas de 6% nos 11 primeiros meses do ano e 5,9% no período de 12 meses. A queda acumulada em 12 meses (-5,9%) é a mais intensa da série histórica do indicador, iniciada em 2001. Os outros dois indicadores da pesquisa também apresentaram quedas nos quatro tipos de comparação temporal, em novembro de 2015. O número de horas pagas para os trabalhadores da indústria recuou 0,2% na comparação com outubro de 2015, 7,7% em relação a novembro de 2014, 6,6% no acumulado do ano e 6,5% no acumulado de 12 meses. Pagamento A folha de pagamento real caiu 2,2% na comparação com outubro de 2015, 10,6% na comparação com novembro de 2014, 7,5% no acumulado do ano e 7,1% no acumulado de 12 meses.

Mais notícias sobre Economia

Economia

Jales mais demitiu do que contratou em outubro

As recentes informações divulgadas pelo Cadastro Geral de Empregados e...


Economia

Receita paga hoje as restituições do 6º lote do Imposto de Renda

A Receita Federal paga, nesta segunda-feira (18/11), as...


Economia

Fim do DPVAT: saiba quem ainda poderá receber o seguro e como

Um aumento de ações judiciais por perdas, danos, invalidez e morte referentes...

Economia

ANEEL quer nova taxação para energia solar e pode frustrar adoção por pessoas físicas e jurídicas

O mercado de energia solar no Brasil vem crescendo pela adesão de consumidores que veem...