Direito

ELEKTRO DEVERÁ PAGAR PENSÃO PARA JOVEM QUE SE ACIDENTOU COM FIOS DE POSTE EM JALES

Jales possui a Lei Municipal nº 4.852 de 12 de fevereiro de 2010, a qual estabelece obrigação a empresa concessionária de energia elétrica a realizar manutenção e conservação de fios inutilizados

ELEKTRO DEVERÁ PAGAR PENSÃO PARA JOVEM QUE SE ACIDENTOU COM FIOS DE POSTE EM JALES

O Juiz de direito da 1ª Vara Cível de Jales, Dr. José Pedro Geraldo Nobrega Curitiba, atendeu ao pedido do advogado jalesense Gustavo Alves Balbino, para que a empresa concessionária de energia elétrica em Jales (Elektro) pague uma pensão mensal no valor de R$ 2.000,00 à Vanessa Carvalho Negrão, 33 anos, que sofreu um grave acidente após se enroscar em fios de um poste soltos em 4 de dezembro de 2020.

Vanessa transitava com a sua moto pela Avenida Francisco Jalles, sentido centro, quando em virtude de fiações que estavam dependuradas sobre a via pública, se enroscou perdendo o controle direcional e, na sequência, colidiu com o pé de um coqueiro existente no canteiro central daquela via. Ela sofreu lesões em sua integridade física e cabeça, inclusive, rachando o capacete na parte frontal.

Foram 80 dias de internação até a alta, em 22 de fevereiro de 2021. Vanessa está incapacitada, necessita de atendimento médico e atenção e cuidados 24h por dia, além de alimentação especial (por sonda), fraldas geriátricas e diversos medicamentos e consultas que são custeadas através de doações.

Porque a Elektro?

Jales possui a Lei Municipal nº 4.852 de 12 de fevereiro de 2010, a qual estabelece obrigação a empresa concessionária de energia elétrica a realizar manutenção e conservação de fios inutilizados ou em desuso dos postes de energia em toda a cidade.  Se os fios deste caso em específico do acidente forem de alguma empresa de internet ou telefonia, por exemplo, cabe a Elektro notificar as mesmas:

Art. 2º – A empresa concessionária ou permissionária de energia elétrica deverá notificar as demais empresas que utilizam postes como suporte de cabeamento, a fim de que estas possam realizar alinhamentos ou retiradas de suas fiações desnecessárias ou inutilizadas.

Segundo as informações da liminar, agora a Elektro tem prazo de 15 dias para argumentar referente ao caso.

Doações precisam continuar:

Vanessa continuará necessitando de cuidados especiais. Ela sofreu diversos traumas graves. Foram ferimentos no torax, pescoço, artérias e outros. A jovem não movimenta os membros e vai precisar de tratamento com fisioterapeutas, nutricionista, fonoaudiólogo, terapeutas e outros especialistas.

A família precisa de ajuda! Serão bem-vindas as doações tanto em produtos quanto em dinheiro. Fralda tamanho G/GG, suplemento de nutrição enteral, produtos de higiene e limpeza em geral.

Os interessados em contribuir podem entrar em contato através do telefone (17) 99736-1964. Doações também podem ser feitas em qualquer valor através da conta em nome de Lara Fernanda Carmona no Bradesco, agência 0526-6, conta corrente 0350201-5. O CPF, caso solicitado, é o 406.576.848-99.


Mais notícias sobre Direito

Direito

TJ-SP SUSPENDE LIMINAR QUE DETERMINAVA VACINAÇÃO DE OFICIAIS DE JUSTIÇA DE JALES

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) derrubou uma liminar concedida pelo...


Direito

Jales - Ministério Público determina abertura de TC para possível Crime de Prevaricação contra Presidente da Câmara Municpal

O Ministério Público Estadual de Jales, deferiu Requerimento de...


Direito

STF julga hoje se mantém instalação da CPI da Covid

Nesta quarta-feira, 14, a partir das 14h, o STF daria (ou dará) início ao...

Direito

Cármen Lúcia pede que Supremo julgue queixa contra Bolsonaro por genocídio

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia pediu que o presidente...