Política

Deputado Alexandre Pereira é reeleito presidente estadual do Solidariedade SP

O deputado estadual (SP) e presidente estadual do Solidariedade (SP), Alexandre Pereira, reeleito na Convenção como dirigente estadual em São Paulo, destacou a política partidária como o único caminho para o fortalecimento da democracia e comemorou a união do partido em São Paulo.

Deputado Alexandre Pereira é reeleito presidente estadual do Solidariedade SP

A Executiva Nacional do Solidariedade e a Comissão Estadual de São Paulo se reuniram neste sábado (13) para a Convenção Estadual de São Paulo 2021. O evento ocorreu de forma híbrida e respeitou as normas sanitárias para controle da Covid-19. A convenção contou com a presença do presidente nacional do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, do vice-governador Rodrigo Garcia, e lideranças partidárias do estado, como os deputados estaduais Alexandre Pereira e Sargento Neri, e o vereador de São Paulo, Dr. Sidney Cruz.

Também compareceram ao evento os secretários de movimento Paulo Pequeno, da Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência, Loreny, da Secretaria Nacional da Mulher, e Geraldino dos Santos, da Secretaria Nacional do Trabalho, Emprego e Renda. Jefferson Coriteac, vice-presidente do Solidariedade Nacional, Luiz Antônio Adriano da Silva, secretário-geral do Solidariedade Nacional, além de outras importantes lideranças partidárias, como prefeitos e vice-prefeitos do Solidariedade de todo o Estado participaram do evento de forma on-line.

O deputado estadual (SP) e presidente estadual do Solidariedade (SP), Alexandre Pereira, reeleito na Convenção como dirigente estadual em São Paulo, destacou a política partidária como o único caminho para o fortalecimento da democracia e comemorou a união do partido em São Paulo. “Estamos confiantes com o próximo pleito e nosso grande trabalho aqui em São Paulo vai fazer uma grande bancada para fazer política para quem mais precisa.”

No estado de São Paulo o Solidariedade está presente em mais de 300 cidades, conta com quatro prefeitos, 27 vice-prefeitos, 144 vereadores, dois deputados estaduais e um representante na Câmara Federal.

Paulinho da Força reiterou em seu discurso que Solidariedade tem como luta prioritária uma política mais forte para o trabalho. “O partido nasceu para lutar pelo trabalhador e está aqui para defender o interesse das pessoas, para os que mais precisam. Precisamos construir uma pauta que interesse aos trabalhadores, uma pauta que possa envolver uma política para o salário mínimo, que está sem política de reajuste. Nós já fizemos isto no Congresso Nacional e o salário de milhões de pessoas melhorou, especialmente o dos aposentados. Precisamos cuidar dessas pessoas que estão completamente abandonadas”, defende.

Em sua fala, Rodrigo Garcia, agradeceu o convite da Executiva Nacional do Solidariedade e da Comissão Estadual do Solidariedade (SP) e salientou que estar presente em uma convenção significa o respeito à democracia. “As coisas estão diferentes no Brasil e até isso nós temos que reforçar em momentos como este: a democracia, o contraditório, o ouvir a opinião das pessoas e é isso que o Solidariedade faz”, frisou.



RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais notícias sobre Política

Política

Jales Ricardo Gouveia anuncia emenda de 300 mil reais à Santa Casa

O vereador Ricardo Gouveia está informando Emenda Parlamentar pedida ao Deputado Federal...


Política

Jales - A pergunta é: Vereadores podem APROVAR ou REPROVAR contas de Prefeitos ?

Como anunciado pelo site A VOZ DAS CIDADES, um fato corriqueiro sempre...


Política

Aspásia - Projetos são aprovados em sessão Ordinária de 17 de maio

Em sessão ordinária de 17 de maio de 2022, a...

Política

Pré-candidatos podem iniciar vaquinha virtual a partir de hoje

A partir de hoje (15), os pré-candidatos que vão disputar as...