Economia

Consumo de energia cai 1,8% no país em 2015, aponta ONS

Consumo de energia cai 1,8% no país em 2015, aponta ONS
O consumo de energia no país caiu 1,8% em 2015, de acordo com relatório do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgado nesta terça-feira (5), com as dificuldades econômicas e a alta nas tarifas. Em dezembro, a queda nos valores de carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) foi de 0,5%, em relação aos valores verificados no mesmo mês do ano anterior. "Apesar do baixo desempenho da atividade econômica, diante da demanda interna fraca causada principalmente pelo alto endividamento das famílias, taxa de juros e de desemprego elevadas, o comportamento da carga do SIN, apresentou, em dezembro/15, um ligeiro avanço comparativamente aos meses anteriores, provocada pelo movimento de normalização dos estoques da indústria e uma tímida melhora das expectativas", diz o boletim. De acordo com o Boletim de Carga, nas regiões Sudeste/Centro-Oeste e Sul, que concentram maior atividade econômica, a queda foi de 3,2%. No Nordeste e Norte, o total de carga gerada cresceu, respectivamente, 3,2% e 1,7%. O boletim ressalta que a carga do Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que representa cerca de 60% da carga do SIN, apresentou taxa de crescimento positiva, diferente do ocorrido nos últimos dez meses. Contribuiu para o resultado a ocorrência de elevadas temperaturas, superiores às ocorridas no mesmo período do ano anterior, em todos os subsistemas. "A elevação das tarifas de energia elétrica vem se refletindo nos padrões de consumo de energia, contribuindo para a redução da carga, principalmente nos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Sul, onde o impacto dos aumentos tarifários tem sido maior."

Mais notícias sobre Economia

Economia

Jales mais demitiu do que contratou em outubro

As recentes informações divulgadas pelo Cadastro Geral de Empregados e...


Economia

Receita paga hoje as restituições do 6º lote do Imposto de Renda

A Receita Federal paga, nesta segunda-feira (18/11), as...


Economia

Fim do DPVAT: saiba quem ainda poderá receber o seguro e como

Um aumento de ações judiciais por perdas, danos, invalidez e morte referentes...

Economia

ANEEL quer nova taxação para energia solar e pode frustrar adoção por pessoas físicas e jurídicas

O mercado de energia solar no Brasil vem crescendo pela adesão de consumidores que veem...