Direito

Casal de Santa Salete consegue Habeas Corpus por Advogados Jalesenses

Agora o casal vai utilizar todas as suas forças para provar a inocência perante um processo bem exótico e excêntrico

Casal de Santa Salete consegue Habeas Corpus por Advogados Jalesenses

O Edilson e a Solange, sua esposa, foram presos provisoriamente no dia 04 de outubro de 2021 por ordem do juízo da primeira vara criminal de Ituiutaba/MG por supostas práticas de estelionato e lavagem de dinheiro. 

Edilson foi acusado de emitir cheques na compra e venda de bovinos e susta-los sem motivo justificado, causando prejuízos de "alto valor". 

Segundo a defesa, a prisão é arbitrária e injustificada, por isso impetraram habeas corpus ao tribunal de justiça do estado de minas gerais que, lamentavelmente, indeferiu.

Recorreram, portanto, ao Superior Tribunal de Justiça, onde a sub-procuradora geral da República manifestou-se pela concessão da ordem

Isso porque, na visão dela, a prisão é desproporcional aos delitos em tela. 

Além do mais, os pacientes gozam de bons antecedentes e residência fixa. 

Em outras palavras, a defesa estava correta ao chamar a prisão de arbitrária, uma vez que os crimes em tela não possuem natureza violenta e, portanto, aplicar a pena de prisão é totalmente equivocada e proporcional. 

A ordem foi concedida no dia 03 de dezembro pelo STJ, curiosamente na data do aniversário de um dos advogados de defesa do casal, Dr. João Carvalho. 

O casal só teve seu alvará de soltura expedido na terça-feira porque, lamentavelmente, o judiciário mineiro não é tão rápido e eficaz como o tribunal de justiça de são Paulo ou as próprias instâncias superiores. 

Aliás, um dos pontos mais curiosos desse processo é que a medida cautelar que determinou a prisão do casal é físico e não digital, algo muito bizarro se pensarmos que o procedimento foi iniciado em 2021, onde a digitalização de processos é uma realidade absoluta, pelo menos aqui em São Paulo. 

Um processo físico correndo em uma cidade distante e em outro estado certamente prejudicou muito os trabalhos da defesa. 

A denuncia, mais curioso ainda, foi convertida em processo digital após a decretação da prisão. 

Edilson ficou recolhido em Paulo de Faria, enquanto sua esposa ficou em Tupi Paulista. 

Agora o casal vai utilizar todas as suas forças para provar a inocência perante um processo bem exótico e excêntrico

A defesa do casal foi feita pelos advogados 
Dra. Lívia kawano Pavan
Dr. Denivaldo tarcinavo
E dr. João Carvalho

Dr. Denivaldo tarcinavo

Dra. Lívia kawano Pavan

dr. João Carvalho



RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais notícias sobre Direito

Direito

Nova lei de improbidade é oportunidade de corrigir erros, diz advogado

A lei de Improbidade Administrativa sofreu uma série de alterações em...


Direito

Jales - Ação Popular é arquivada pela Justiça contra Empresa para prestação de serviços de Varrição

Uma Ação Popular Preventiva Protocolada pelo Advogado Gustavo Alves Balbino teve...


Direito

Uso da imagem de bebê em memes sem autorização pode levar a ação penal

Os direitos de imagem são disciplinados pelo artigo 5º, inciso X da...

Direito

Banco é condenado por firmar empréstimo com incapaz sem aval do curador

As instituições financeiras respondem objetivamente pelos danos causados em...