Geral

Atuação da AGU em autarquias e fundações públicas arrecada mais de R$ 7 bilhões para a União em 2021

Via Procuradoria-Geral Federal, cobrança em nome desses tipos de órgãos retornou aos cofres públicos valor quase 50% maior do que em 2020

Atuação da AGU em autarquias e fundações públicas arrecada mais de R$ 7 bilhões para a União em 2021

A Advocacia-Geral da União (AGU), por meio da Procuradoria-Geral Federal, garantiu o ingresso de R$ 7,09 bilhões aos cofres públicos no ano passado, cifra 46,4% maior do que a arrecadação registrada em 2020, que foi de R$ 4,84 bilhões.

Os valores se referem à cobrança e recuperação de créditos das autarquias e fundações públicas federais e à cobrança de imposto de renda e de contribuições previdenciárias no âmbito da Justiça do Trabalho.

O maior montante corresponde à cobrança de Imposto de Renda (IR) e de contribuições previdenciárias trabalhistas, responsável pelo recolhimento de R$ 4,89 bilhões. Já as inscrições em dívida ativa e ações de contencioso fiscal trouxeram retorno de pouco mais de R$ 2 bilhões. O resultado é fruto do trabalho da Equipe Nacional de Cobrança da PGF, que em 2021 realizou 250 mil inscrições em dívida ativa e ajuizou mais de 56 mil execuções fiscais, gerando uma cobrança de mais de R$ 6 bilhões.

Houve ainda a recuperação de R$ 43,2 milhões em decorrência da atuação dos procuradores federais em ações regressivas previdenciárias. A atuação do Grupo de Cobrança dos Grandes Devedores (GCGD), por sua vez, gerou arrecadação de R$ 134 milhões e obteve R$ 900 milhões em garantias judiciais, alcançando uma taxa de sucesso judicial de 86%.

O coordenador-geral de Cobrança e Recuperação de Créditos da PGF, Fabio Munhoz, destaca a expressividade dos valores alcançados. "Os resultados demonstram o êxito das medidas adotadas e reforçam a convicção de que os projetos em andamento irão aperfeiçoar a recuperação dos créditos das autarquias e fundações públicas federais”, afirma.

O Procurador-Geral Federal, Miguel Cabrera Kauam, comemora os resultados. "Apesar do cenário desafiador, as equipes de cobrança apresentam avanços permanentes no padrão de atuação, com a obtenção de excelentes resultados, fruto da brilhante execução por todas as equipes, muito bem conduzidas pelos coordenadores e também pela gestão anterior da PGF. A perspectiva é continuar esta evolução anual de arrecadação, diante dos importantes projetos em andamento na Procuradoria-Geral Federal”, ressalta.



RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais notícias sobre Geral

Geral

Em acerto com Congresso, Economia dá sinal verde a bolsa-caminhoneiro

Em novas negociações com o Congresso, o Ministério da Economia se mostrou...


Geral

Deputado Pinato agradece a Deus após susto em voo

Os pilotos refugaram duas tentativas de pouso por problemas que ainda não foram...

Geral

Datafolha: Lula abre 21 pontos sobre Bolsonaro no 1º turno

A nova pesquisa presidencial do Datafolha, divulgada pela Folha nesta quinta-feira (26),...