Economia

ANEEL quer nova taxação para energia solar e pode frustrar adoção por pessoas físicas e jurídicas

Se a medida for aprovada, haveria ainda um período de transição: até 2030 as regras permaneceriam as mesmas, mas o mercado critica que o prazo é curto.

ANEEL quer nova taxação para energia solar e pode frustrar adoção por pessoas físicas e jurídicas

O mercado de energia solar no Brasil vem crescendo pela adesão de consumidores que veem vantagens a longo prazo com a implementação do sistema de energia limpa. Porém, a Agência Nacional de Energia Elétrica pode frustrar muitos interessados na adoção desse sistema em breve.

Isso porque a ANEEL está propondo uma nova taxa sobre o valor dessa energia.

Hoje o que acontece é que a produção dela injeta nas redes elétricas uma quantidade de energia que então gera créditos na proporção de quase 100% para a fatura mensal do consumidor. Muito em breve isso poderá mudar.

A nova medida em estudos visa reduzir essa compensação em créditos para apenas 68%, ou seja, seria como criar uma taxa de té 32% em cima dessa produção, diminuindo ainda mais as vantagens dessa adoção que já prevê um investimento inicial alto e que se paga com os anos.

Se a medida for confirmada isso significará desincentivo a esse nicho de mercado.

 

O grande ponto de preocupação é que a redução no valor do crédito proposto é grande, em um cenário de curto prazo. Traz uma mudança e um impacto muito grande para a atratividade das instalações e dos projetos - Marcio Takata, diretor da consultoria e empresa de pesquisa Greener.

Se a medida for aprovada, haveria ainda um período de transição: até 2030 as regras permaneceriam as mesmas, mas o mercado critica que o prazo é curto.

Vale lembrar, no ano passado o BNDES liberou uma linha de crédito visando incentivar a adoção de painéis solares por pessoas físicas.

Infelizmente a adoção desse modelo ainda não é tão massificada e essas novas medidas devem desincentivar sua adoção, já que tende a retardar ainda mais o retorno dos investimentos.


Mais notícias sobre Economia

Economia

Jales - Confira as Vagas de Emprego para esta sexta-feira (27)

CONSULTOR DE VENDAS (Vendas de cursos) INDIFERENTE +18 anos Ensino médio...


Economia

Jales - Confira as Vagas de Emprego para esta terça-feira (24)

AÇOUGUEIRO FEMININO 20 a 40 anos. Ensino médio incompleto. Sim....


Economia

Jales - Confira as Vagas de Emprego para esta terça-feira (17)

AÇOUGUEIRO FEMININO 20 a 40 anos. Ensino médio incompleto. Sim. Necessita...