Direito

ANEEL prorroga suspensão do corte de energia elétrica até 31/07/20

Ficará em vigor até 31/07/2020 a proibição do corte de energia elétrica dos consumidores inadimplentes residenciais urbanos e rurais, em razão dos efeitos da Pandemia causada pelo COVID-19.

ANEEL prorroga suspensão do corte de energia elétrica até 31/07/20

Ficará em vigor até 31/07/2020 a proibição do corte de energia elétrica dos consumidores inadimplentes residenciais urbanos e rurais, em razão dos efeitos da Pandemia causada pelo COVID-19.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, a prorrogação da medida é em virtude da continuidade das ações de isolamento social, restrição à circulação e aglomeração de pessoas. Contudo, se o consumidor permanecer inadimplente após esta data, mediante prévio aviso, a transmissão de energia para a residência será interrompida.

A Agência igualmente prorrogou o prazo de suspensão do atendimento presencial, da entrega de faturas impressas e o horário diferenciado para leitura dos medidores, sendo possível, ainda, o faturamento com base na média aritmética do consumo nos últimos 12 meses, em caso de impossibilidade da leitura.

Por fim, face à suspensão na entrega de faturas impressas, as concessionárias de energia elétrica devem encaminhar as faturas eletrônicas ou o código de barras aos consumidores por meio de canais eletrônicos ou disponibilizá-las em seu aplicativo ou site.


Mais notícias sobre Direito

Direito

MINISTÉRIO PÚBLICO ARQUIVA DENÚNCIA DE DELEY SOBRE POSSÍVEL DIRECIONAMENTO EM LICITAÇÃO

O Ministério Público Estadual em Jales arquivou uma representação...


Direito

Pandemia: Homem deve manter pensão a ex-mulher desempregada

Ex-marido deve continuar pagando alimentos à ex-esposa, com idade superior a 50 anos,...


Direito

Vereadores que gostam de correr para o MP, com representações infundadas, estão com seus dias contados !

Não é difícil ouvir ou tomar conhecimento que alguns Analfabetos...

Direito

Motorista acusado de homicídio culposo ao volante pode substituir pena

Não há impedimento legal para a substituição da pena de...