Direito

Acusado de matar professora em Populina vai a Juri Popular

O fato será julgado na comarca de Estrela d´Oeste, já que o crime ocorreu em Populina, na região de Fernandópolis, no dia 30 de junho de 2019 em uma propriedade rural no bairro Córrego da Madeira.

Acusado de matar professora em Populina vai a Juri Popular

O trabalhador rural Mateus Rogério Soares Santos, de 37 anos, acusado de matar a companheira e professora, Anielli Geovana Sanches Foresto, 25 anos, vai a Juri Popular nesta quinta-feira, dia 24.

O fato será julgado na comarca de Estrela d´Oeste, já que o crime ocorreu em Populina, na região de Fernandópolis, no dia 30 de junho de 2019 em uma propriedade rural no bairro Córrego da Madeira.

Anielli foi assassinada com um tiro na cabeça e o corpo encontrado na varanda do imóvel, juntamente com um cartucho calibre 22. Após matar a professora, o acusado ligou para o irmão da vítima comunicando o fato.

Rogério Soares Santos foi preso por policiais militares em uma propriedade rural em Turmalina, cidade vizinha a Populina e permanece preso.

Devido a pandemia, o acesso ao Foro de Estrela será restrito.


Mais notícias sobre Direito

Direito

Fernandópolis - Irmã de Candidato à Prefeito é sentenciada a tirar postagem contra André Pessuto

A coisa parece estar bem quente em Fernandópolis, e tudo indica que a Justiça...